HOME|EDITORIAL|Com o pé direito
Com o pé direito
Com o pé direito

Data: 15/05/2017

O Fluminense estreou no Campeonato Brasileiro de 2017 com uma bela vitória sobre o Santos, na manhã desse domingo de Dia das Mães.

Por momentos, o nosso time reencontrou o jogo que reluziu durante o primeiro trimestre deste ano e encantou o Brasil. Por vezes, o nosso jogo coletivo, baseado na rápida troca de passes e movimentação constante, colocou, literalmente, a valente equipe do litoral paulista na roda.

Henrique Dourado, autor de dois gols, Leo, Wendel e Sornoza ditaram o ritmo. Sem esquecer todavia, de que o nosso sistema defensivo ainda precisa de ajustes, sabendo a hora certa de marcar o homem e a bola.

Por outro lado, a nota negativa fica por conta do pequeno público presente, menos de 10 mil pessoas, mesmo com promoção para as mulheres. Nitidamente é hora de se repensar o discurso, de saber onde é que a nossa conversa não está chegando ao torcedor e qual vai ser a nossa luta pela identidade que buscamos para a nossa torcida.

Para o Observatório do Fluminense, a crise financeira que abala o clube é unicamente culpa dos antigos gestores do futebol e do clube: o ex Presidente Peter Siemsen e o ex-funcionário Mario Bittencourt, que extrapolaram os seus poderes em contratações equivocadas, caras e de duração, em alguns casos, ilimitada.

O Fluminense necessita já de uma forte injeção de novos conceitos de gestão. Espera este Observatório do Fluminense que o relatório da Ernst & Young seja colocado em prática o mais rápido possível. Urge estagnar a sangria financeira.

O Observatório do Fluminense parabeniza o treinado Abel Braga pelo seu trabalho, que dignificou as nossas cores. 

Realmente caro Abel, “o Fluminense é f...!”

O Observatório do Fluminense continua observando.

 

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden