HOME|EDITORIAL|Sempre em frente!
Sempre em frente!
Sempre em frente!

Data: 09/05/2017

Não foi possível o título, nem ao menos a vitória. É preciso ser maduro neste momento de reflexão, analisando com tranquilidade a trajetória do Fluminense no que vai de ano.

É preciso ter em mente que até o domingo passado o Fluminense estava participando de quatro campeonatos simultâneos, com performances de ímpar qualidade. Ganhamos a Taça Guanabara, invictos, mas não deu para manter a pegada. Faz-se necessário a serenidade.

Para o Observatório do Fluminense, o Tricolor fez uma ótima campanha no Estadual, tanto que nos permitiu jogar a final. Em que pese o visível desgaste, são muitos jogos disputados para apenas três meses e meio de competição, o resgate da identidade da nossa camisa com relação há anos anteriores é nítido.

Para este Observatório do Fluminense, a nossa equipe foi sistematicamente freada pelas arbitragens durante o campeonato. Da lesão ao Gustavo Scarpa, com a marcação de uma simples falta sem a imediata expulsão do jogador do Madureira, até a clamorosa falta do Rever sobre Henrique, que permitiu o gol do empate do Clube de Regatas do Flamengo e o título. É de valor pensar numa melhor forma de se tratar a questão.

Para este Observatório do Fluminense, mesmo atravessando um péssimo momento financeiro, o Fluminense deve contratar. Mas que sejam contratações feitas com o mesmo critério que permitiu a vinda do lateral direito Lucas, que teve um grande rendimento com um custo dentro da normalidade que impera na atual gestão.

O Observatório do Fluminense conclama todos os Tricolores que ainda não se associaram ao clube para que o façam. O Fluminense necessita!

Para o Observatório do Fluminense, a contratação do treinador Abel Braga foi essencial para termos chegado ao nosso atual estágio como equipe de futebol.

O Observatório do Fluminense sabe e entende que “a bola não entra por acaso!”.

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden