HOME|EDITORIAL|Apoiar é preciso (por Vicente Dattoli)
Apoiar é preciso (por Vicente Dattoli)
Apoiar é preciso (por Vicente Dattoli)

Data: 20/10/2017

As festas da torcida do Fluminense são lindas e inesquecíveis.

Mesmo nestes novos tempos em que nosso pó de arroz dificilmente é liberado, as três cores que traduzem tradição são, por si só, suficientes para transformar o ambiente.

Quem há de esquecer a final da Libertadores de 2008?

Nunca, jamais, houve festa tão bela.

A chegada do time ao estádio, a festa na entrada em campo, cada gol comemorado...

O resultado final, claro, deixou tristes lembranças, mas não há uma só pessoa capaz de ignorar o que fez a torcida do Fluminense naquele dia.

Na própria Conmebol, posso assegurar, a participação da torcida tricolor deixou saudades.

Voltamos a fazer belas festas em 2010 e 2012, nas (re)conquistas do Brasileiro.

Agora, de novo, o Fluminense precisa da sua torcida.

A situação é delicada. Iniciamos uma reação que, quem sabe, poderá nos levar outra vez à competição continental.

Neste momento, porém, e como é tradição no Fluminense, devemos manter a humildade.

Vamos somar pontos para garantir nossa permanência na Série A em 2018.

Há quem fale em 47, 46, 45 pontos.

O total não importa. Importa que cheguemos lá o mais rápido possível. Depois, novos objetivos.

Nosso rival derrotado na noite de quarta-feira tem alguns dos maiores públicos do ano no futebol brasileiro.

O tricolor paulista levou ao Morumbi, em horários e dias variados, em diversas partidas, mais de 50 mil pessoas.

Nós podemos fazer o mesmo.

Nós temos de fazer o mesmo.

Os problemas, tenho consciência, são muitos.

Horários, violência na cidade, problemas de locomoção...

Não temos, porém, o direito de deixar nosso time de lado. Não agora. Nunca!

Cada ponto conquistado é um ponto a menos no primeiro dos objetivos. É mais um ponto para buscarmos novos horizontes.

Se a dificuldade deve ser um fator de incentivo, a comodidade não pode, jamais, servir de desculpa.

O Fluminense não pode jogar para apenas 15 mil, 20 mil pessoas.

O Maracanã precisa continuar a ser palco de nossas festas, de novas demonstrações de força de nossa torcida - a mais bonita torcida do futebol mundial.

Neste fim de semana nosso Time de Guerreiros estará fora do Rio de Janeiro.

Quando retornar, porém, seja pelo Brasileiro ou pela Sul-Americana, que reencontre um Maracanã unido e forte, lindo, em três cores.

E lotado, pulsante, efervescente.

Porque assim é o Fluminense... Mais do que um time, uma paixão.

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden