HOME|EDITORIAL|A torcida está no seu direito
A torcida está no seu direito
A torcida está no seu direito

Data: 31/01/2018

O Observatório do Fluminense reconhece o direito do sócio e do torcedor do Fluminense que manifestou ontem, nas dependências das Laranjeiras, a sua contrariedade em relação ao atual momento vivido pelo Clube.

O Presidente Pedro Abad necessita refletir com profundidade sobre todo o ocorrido. Seus executivos falharam, não cumpriram ações prometidas, faltou compromisso. Em definitivo: não sabem que a essência do clube é a sua torcida, nem o que significa ser Fluminense. Para piorar, desconhecem o significado do mundo do futebol.

É preciso vir a público e encarar a verdade com o peito aberto. Não pode ser tão difícil trazer o torcedor para perto. A princípio, ele é sempre parceiro. Na transparência acompanhada pela verdade se encontrará o caminho.

O Fluminense, para muitos milhões, é bem mais do que um time de futebol. É RELIGIÃO, profissão de fé!

E se a gestão não souber discernir que a atualidade exige uma nova tomada de responsabilidades, podemos nos encontrar em uma grande sinuca de bico pela bola 7.

Este Observatório do Fluminense sempre trilhará o caminho do que for melhor para o Fluminense.

O Observatório do Fluminense, que já reconheceu o direito da torcida de protestar, apenas lamenta a infiltração visível de elementos ligados às candidaturas de Celso Barros e Mario Bittencourt, conforme demonstram os vídeos gravados e exibidos por órgãos de informação.

Este Observatório do Fluminense, com embasamento na reportagem de sábado passado de O Globo, que tirou mais um esqueleto do armário da gestão Peter Siemsen, roga aos Conselheiros do Fluminense que repensem se vale a pena continuar inertes com relação à aprovação das contas de 2016. Existe um grande fato novo, que muda totalmente o enfoque de então. Essa revisão ajudará a entidade no seu caminho de reunificação.

O Observatório do Fluminense reafirma o seu compromisso com o futuro do Fluminense. Sem nenhum apego à possessão de nenhuma nomenclatura.

O Observatório do Fluminense observa!

Compartilhe
  • Googlemais
comente
Vicente Portella - 01/02/2018 às 16h03
Pô... até o Observatório tá entrando nessa? Considero um erro grave as turmas de Mário e Celso se vingarem da derrota inviabilizando a atual gestão. Há problemas? Claro. Então vamos resolve-los. Sabotar o Clube só porque perdeu a eleição é covardia. Novas eleições virão e todos terão outra chance. O que não pode é desrespeitar o voto dos tricolores nem, principalmente, prejudicar o Clube. Ações paredistas, a meu ver , não ajudam em absolutamente nada.
Já parei de ler o Explosão e o Net Flu por conta disso. Se tornaram mais fiéis a ex patrocinadores e ex dirigentes do que ao Clube.... :-)
Responder
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden