HOME|NOTÍCIAS|Grêmio 3 x 1 Fluminense (por Leandro Capela - Panorama Tricolor)
Artigos • Por Leandro Capela - Panorama Tricolor - Foto: Nelson Perez - Fluminense F.C. • 18 mai 2017
Grêmio 3 x 1 Fluminense (por Leandro Capela - Panorama Tricolor)

Uma disputa como essa sempre desperta ansiedade na torcida. Um mata-mata nacional contra um adversário sempre complicado, fora de casa.

O Flu, ainda que com três desfalques, levou uma escalação interessante, apesar das fragilidades conhecidas. No banco, três que começaram o ano como titulares: Lucas, Douglas e Scarpa.

O início foi o melhor possível: fulminante. No primeiro escanteio, por volta dos cinco minutos de jogo, Renato Chaves se desvencilhou da defesa, se antecipou ao goleiro, Marcos Jr. cobrou pela esquerda e o camisa 4 cabeceou no ângulo!

Ótimo para o Flu. Marcar gol fora de casa com o regulamento a favor é perfeito.

Mas, como é de costume, o Tricolor marca um gol e se retrai. Não encaixamos mais nenhum ataque nos minutos seguintes do primeiro tempo. E então, numa tabela pelo meio da nossa defesa, com sucessivas falhas, sofremos o empate.

Levar gol nunca é bom. Mas um empate com um gol pra cada lado, na casa do adversário, ainda é uma vantagem. Até o fim do primeiro tempo, um jogo morno. Poucos lances de perigo do clube de três cores do sul, um deles com boa defesa do nosso arqueiro.

Começamos bem também no segundo tempo, com duas boas finalizações de Renato, agora o lateral. Pouco depois, foi a vez do Grêmio crescer na partida.

O jogo ficou pegado, bastante faltoso e sem chances reais para nenhum dos lados, especialmente a nosso favor. Isso durou até os 20 minutos, quando, em escanteio, a bola pinga em nossa área e sobra nos pés do argentino-paraguaio Barrios, que coloca pra dentro. Vantagem para os donos da casa.

Seis minutos depois, após jogada pela direita da nossa defesa, Barrios, sempre ele, recebe livre e coloca no canto direito de Cavalieri. A vantagem é ampliada. Flu segue sem substituir.

Mas, logo após o gol, nosso ataque pressiona os adversários em busca do segundo gol fora de casa. Aos 33, as duas primeiras trocas na escalação tricolor. Scarpa e Maranhão entram e Pierre e Richarlison saem. Jogo mais aberto, Flu perde no meio e se adianta. Opção arriscada.

Nosso time sufocou o adversário, tentou reverter ou minimizar a derrota até o fim do jogo. Entretanto, errou bastante, permitiu que o adversário mantivesse a posse de bola, até com chute a gol. Erramos principalmente no penúltimo passe e não levamos mais perigo. Ao todo, quase quarenta minutos de melancolia na etapa final. Um Fluminense irreconhecível. Ataque inoperante e desorganizado. Faltas bobas. O tempo correu e terminou.

Daqui a duas semanas, é na nossa casa! Quando o escudo do Fluminense entra em campo, o impossível deixa de existir. A vitória é mais que possível, a classificação também! Um 2 a 0 nos coloca nas quartas de final. Eu acredito!

Panorama Tricolor

@PanoramaTri @leandcap

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden