HOME|NOTÍCIAS|Udinese cobra, e Flu tem até o final de março para quitar dívida por Marquinho
Finanças • Por Hector Werlang - GloboEsporte.com - Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C. • 12 mar 2018
Udinese cobra, e Flu tem até o final de março para quitar dívida por Marquinho

Marquinho foi contratado pelo Fluminense no dia 14 de julho de 2016. Pouco mais de 500 dias depois, em 28 de dezembro de 2017, o Tricolor anunciou a dispensa do meia. Detalhe: sem ter pago a Udinese pela compra.

A negociação com o clube italiano foi feita pelo então presidente Peter Siemsen. Na época, o dirigente acertou a aquisição de 100% dos direitos econômicos por 1 milhão de euros (R$ 4 milhões, na cotação atual).

O combinado previa que o pagamento fosse feito em 2017. No primeiro ano da gestão de Pedro Abad, as dificuldades financeiras foram grandes e o compromisso não foi cumprido.

A Udinese, então, passou a cobrar. Antes de acionar a Fifa, recusou uma proposta feita pelo Flu: receber em uma eventual transferência de Richarlison, vendido ao Watford - o Tricolor tem direito a 10% da diferença entre o que foi pago e o que pode ser recebido pelo time inglês. O valor corrigido por juros é de 1,3 milhão de euros (R$ 5,2 milhões, na cotação atual).

A Fifa, então, após analisar o pedido, determinou que o pagamento seja feito até o dia 31 de março. Caso o Tricolor não respeite o prazo, a entidade avaliará que tipo de sanção aplicará. O Fluminense ainda não desistiu de conseguir um acordo.

 

 

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden