HOME|NOTÍCIAS|Será que ganhamos três novos jogadores? (por Cezar Motta - SempreFlu)
Debate • Cezar Motta - SempreFlu • 09 out 2018
Será que ganhamos três novos jogadores? (por Cezar Motta - SempreFlu)
Será que ganhamos três novos jogadores? (por Cezar Motta - SempreFlu)

Marcelo Oliveira costuma dizer que não lança alguns jogadores porque lhe falta “convicção”, casos de Daniel, de Pablo Diego, de Cabezas. Pois eu acho que hoje ganhamos três novos jogadores: o próprio Daniel, Paulo Ricardo e Marcos Calazans.

Posso estar enganadíssimo, porque o Paraná Clube é um time condenado, que já atirou a toalha e desistiu da luta. Mas quem viu Paulo Ricardo desarmando e saindo com segurança, com a bola colada nos pés, tomando as decisões certas, ficou com a pulga atrás da orelha: parece um excelente zagueiro.

A Daniel falta intensidade, mas sabe enfiar uma bola com enorme categoria, dá de dez a zero no Sornoza nesse quesito. Aliás, Rúnior Sornoza tem intensidade zero, é enrolado e muitas vezes não sabe o que fazer com a bola. O passe que Daniel deu para o gol de Luciano, Sornoza não daria nem que tentasse mil vezes.

Daniel meteu uma outra bola longa para o Marquinhos Calazans que poucos jogadores conseguem. Passe em profundidade, perfeito, por trás da zaga. Talvez falte mais força de vontade. O técnico poderia trabalhá-lo mais, dar oportunidades em jogos como esse, contra o Paraná.

E, finalmente, o melhor presente da noite: a reestreia de Marquinhos Calazans, jogando com vontade, com garra, dando vida nova ao time, com lucidez. Um jogador que vinha em grande ascensão na carreira, importantíssimo no ano passado, e que teve a infelicidade de se machucar.

Pior: teve a má-sorte de se encontrar com vagabundos e covardes rubro-negros, que lhe chutaram o joelho operado, o que forçou nova cirurgia. Justamente no momento em que ganhava confiança e maturidade como jogador. Estaríamos tendo um ano muito melhor se ele estivesse jogando desde janeiro.

Uma pena que perdemos o bom lateral Leo para o jogo contra o Flamengo no sábado. Matheus Norton não está à altura nem de Gilberto, nem de Leo. Torceremos por ele, mas a diferença é gritante.

Com mais três vitórias, podemos nos livrar de vez dessa neura infernal de rebaixamento, e pensar apenas na Sulamericana. Mas quando esse raio dessa diretoria vai pôr os salários em dia? Gente inepta e irresponsável! Temo pelo empréstimo de 50 milhões de reais do BMG para pagamento de impostos e velhas dívidas.

Essa gente não tem competência para lidar com tanto dinheiro. Há o risco de que vá tudo pelo ralo...

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE
Os Woden