HOME|NOTÍCIAS|Superliga Cimed: Flu perde para o Barueri por 3 sets a 1
Olímpicos • Fonte: Comunicação/FFC - Foto: Lucas Merçon/FFC • 29 jan 2019
Superliga Cimed: Flu perde para o Barueri por 3 sets a 1

Nesta terça, 29, Fluminense e Hinode Barueri fizeram um dos jogos mais disputados da temporada na Superliga Cimed, que terminou com vitória das paulistas por 3 sets a 1 (29x27, 25x27, 25x22 e 28x26). O Time de Guerreiras esteve à frente por vários momentos, mas não superou a equipe do técnico José Roberto Guimarães, que ainda contou com o apoio da torcida que foi ao Ginásio José Correia (SP), para o duelo que marcou a terceira rodada do returno.

"Quem erra menos sai vitorioso. Continuamos cometendo alguns deslizes bobos que nos custam o jogo. Superliga é um campeonato longo e com grandes equipes, em que detalhes custam muito", disse a levantadora Giovana.

 

O jogo:

Equilibrado, o primeiro set começou com o Fluminense abrindo vantagem e forçando o tempo das paulistas. O Barueri voltou, diminuiu a diferença e os dois times seguiram encostados no placar até o fim. Com a entrada de Ju Carrijo, que garantiu um belo ace, e Arianne, o time ganhou ainda mais força e velocidade, mostrando que a parcial seria longa. Pri Daroit empatou (23 a 23) e o Flu teve o set point por duas vezes. Um erro de Thaisinha deixou o Hinode fechar por 29 a 27.

Melhor em quadra no segundo set, o Fluminense aproveitou o bom momento para empatar a partida. Dominando do início ao fim, o Time de Guerreiras melhorou o saque e a equipe cresceu e ganhou confiança. O técnico Hylmer Dias parou o jogo, conversou com as atletas, pediu atenção e funcionou. Rapidamente as tricolores venceram por 27 a 25.

Com Thaisinha no saque, o Flu abriu seis pontos de vantagem no início do terceiro set (7 a 1) e tudo indicava que o time seguiria à frente no marcador. Erros de recepção acabaram custando caro para a equipe, que não conseguia finalizar as jogadas. Alguns lances polêmicos deixaram o Barueri levar de virada por 25 a 22.

Marcado por rallys e pela indefinição, o quarto e último set mostrou que não havia favorito na partida. O Flu tentou levar para o tie-break, mas continuou errando na finalização. Incansável, a equipe lutou e acabou com três set points do Barueri, mas no erro de ataque de Joycinha, as paulistas fizeram 28 a 26 e conquistaram a vitória.

O Fluminense permanece na sétima posição com 18 pontos em 14 jogos (seis vitórias e oito derrotas). O próximo duelo será no dia 8 de fevereiro, quando a equipe enfrenta o Minas Tênis Clube na Arena Minas (BH), às 20h.

Fluminense em quadra com: Larissa e Letícia Hage (centrais), Pri Daroit e Thaisinha (ponteiras), Teny (líbero), Joyce (oposta) e Giovana (levantadora). Entraram: Arianne (oposta), Ju Carrijo (levantadora) e Marcella (central). O técnico é Hylmer Dias.

Compartilhe
  • Googlemais
comente
©2017 OBSERVATÓRIO DO FLUMINENSE